Antecedentes e Objectivos

A exposição ao fumo passivo de tabaco (SHS) foi classificada como um carcinógeno de “Grupo 1″(conhecido carcinogéneo humano) pela Agência Internacional para Pesquisa sobre Câncro e foi demonstrado possuir efeitos adversos para a saúde em adultos e crianças, incluindo doenças cardíacas e distúrbios respiratórios. Os cigarros eletrònicos (e-cigarros), o “sistema de administração de nicotina eletrònico” mais comum, irrompeu nos últimos 5 anos, com volumes de vendas aumentando consideravelmente em toda a União Europeia.

O Projeto TackSHS vai tentar elucidar o impacto abrangente que a SHS e as emissões de e-cigarros têm sobre a saúde respiratória da população europeia e como os impactos na saúde variam de acordo com os parâmetros socio-económicos, com especial ênfase nos grupos vulneráveis específicos (pacientes que sofrem jà de doenças crònicas do pulmão, grandes fumadores, e outros grupos desfavorecidos).

Através de uma série integrada de conjuntos de trabalho, vamos investigar os determinantes da exposição ao fumo passivo, avaliadas a nível individual e no meio ambiente (levantamento e avaliação da qualidade do ar em 12 países), a carga global de doença causada (doenças pulmonares e cardiovasculares), incluindo as alterações específicas respiratórias de saúde em pacientes e pessoas saudáveis, o impacto económico da mortalidade e enfermidade causada por essas exposições, os métodos para melhor caracterizar tais exposições e novas intervenções para as reduzir.

Esta abordagem global e integrada permitirá uma significativa mudança em relação ao actual estado da arte na compreensão da SHS e na exposição à emissão de cigarros eletrònicos. Os parceiros participantes têm estado na vanguarda da pesquisa de ponta nesta disciplina, com a colaboração prévia entre eles em projetos específicos.

O Projeto TackSHS reunirá pela primeira vez, todas estas equipas de investigação de primeira linha, e o conjugação dos pacotes de trabalho resultará num passo em frente para combater a exposição ao fumo passivo e às emissões de e-cigarros.